quinta-feira, 2 de junho de 2011

Gaste tempo com quem você ama! (2)

Falar de amor sempre toca os nossos corações não é mesmo? 
Quando lí pela primeira vez o Blog Os Três Mosqueteiros quase fiquei desidratada de tanto chorar.
Não que tudo  o que eu tenha lido ali seja triste, mas doía muito imaginar a dor de Mirys e de seus filhos, quando perderam marido e pai respectivamente.
Falar de amor é sempre bom, mas nem sempre é fácil.
Na minha lista de grandes amores estão muitas pessoas: minha mãe, meu marido, meus sobrinhos, meu pai...E pensando sobre, pude perceber o quanto que eu sou abençoada por Deus por poder desfrutar desses amores!
Ouvir minha sobrinha de 4 anos dizer: "Tia, eu te amo do tamanho das nossas casas!". Só sabe como é bom, quem já amou muito uma criança, e entende a facilidade que elas tem em nos emocionar.
Para esse post de amor, trago fotos de alguns dos meus maiores amores, para mostrar a vocês aquilo que eles já sabem, O QUANTO EU OS AMO!





No dia 31/05 eu não pude fazer nada de muito diferente, mas graças a Deus eu os vejo todo dia, e digo sempre o quanto eu os amo!
As pessoas próximas até estranham esse comportamento, já que não é comum ouvir pessoas fazendo declarações de amor o tempo todo, mas eu faço. Deus não nos deu a graça de sabermos quando seria o último encontro, então despeça-se SEMPRE, como se esse aquele momento fosse o último!
Beijo grande em todos vocês!
Fiquem com Deus!

3 comentários:

Mirys + Guigo + Nina disse...

Nossa, Ca!
Ficou ótimo!!!

Mesmo "atrasada", o importante é participar, não é mesmo? Afinal, o "dia do amor" é todo dia e sempre é tempo de se gastar minutos com quem se ama!!!

Bjos e bençãos.
Mirys
www.diariodos3mosqueteiros.blogspot.com

PS: que declaração mais fofa da sua sobrinha!

Rosangela Caldas disse...

Eu ameiiiiii!!! Adorei te ver por aqui menina-moça-mulher. Sempre te admirei e agora então?

Mah disse...

Sem dúvida! Como diz Renato... é preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã! Embora tenha vivido a vida toda com meu avô, nos seus últimos dias de vida eu ñ pude estar com ele, e isso dói muito. Mas sempre que passava por lá eu dizia o quanto o amava, e isso consola. Beijo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...